"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

22/07/2013

o quadro

Logo nessa noite contou-lhe que o queria. Que desejava as cores de Vermeer que desembuchavam no seu olhar triste. Como as janelas do estúdio do pintor que não se tocavam pela alteração da cor, também o seu olhar negro era um equívoco. Um mistério. E ela queria-o. Queria-o.

2 comentários:

  1. E quando se quer muito uma coisa, lutamos tanto que acabamos por conseguir tê-la.

    ResponderEliminar