"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

26/07/2013

Saudade de quem já foi e não volta mais


Por mais que tente tirar as imagens da minha cabeça não consigo, passaram mais que cinco anos mas parece que foi ontem. Eu pergunto tantas vezes a mim mesma o porquê de teres partido daquela forma tão macabra tão dura, não há forma de descrever o quão horrível foi. Eu era tão nova e tu tinhas tantas coisas para me ensinar ainda, era a ti que eu recorria quando tinha algum problema na escola, em casa, era a tua voz que precisava de ouvir quando chorava, o teu sorriso que precisava de ver para continuar em frente. Sempre foste um melhor amigo exemplar um orgulho para todos nós, pra mim eras uma espécie de irmão mais velho que sempre quis ter. Lembro-me perfeitamente de todas as brincadeiras, de todos os olhares cúmplices, de todas as loucuras que fazíamos, mas o que vou guardar sempre no meu coração era o carinho que tu tinhas por mim. Ainda á pouco tempo foi te ver ao cemitério e a fotografia que lá coloquei continua ao pé da tua, era a nossa foto preferida. Desta vez não fui sozinha como costumava fazer, levei uma pessoa muito especial comigo, tu sabes! Chorei horas amarrada a ela, por mais que o tempo passe a dor permanece e parece nunca mais ter fim. Deixei-te um ramo de flores, agora espero que não o tirem como da outra vez. Sabes Pedro, é difícil voltar a confiar noutra pessoa para voltar a ter com quem desabafar, ninguém jamais ocupara o teu lugar, não consigo colocar outra pessoa, não consigo chamar de melhor amigo a outra pessoa sem seres tu.  Espero que te orgulhes de mim ai em cima e que continues a guardar um lugar para mim perto do teu e me mandes forças para seguir em frente, porque ando a precisar.

5 comentários: