"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

24/08/2013

o orgulho de (não) ser português

Não fazemos jus ao cognome nacional, não mostrámos porque somos um povo de conquistadores, um povo hospitaleiro. Criticámos negativamente o que é nacional, o que é bom. Vivemos numa sociedade fútil, egoísta e um tanto quanto ociosa. Adjetivos que não são identificáveis com alguns – uma minoria - mas tão unha com carne com outros.

3 comentários:

  1. concordo completamente ! faço parte de uma minoria (pelo menos do que percebi ) EU TENHO ORGULHO DO NOSSO PORTUGAL

    ResponderEliminar