"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

26/08/2013

Saltimbancos assassinos

Já caminhámos juntos, com as mãos ensanguentadas unidas, à beira de precipícios. Já subimos montanhas enormes pelas escarpas mais íngremes. Já rezamos para que tempestades viessem em dias de sol, para que a noite fosse eterna. Já saltámos para poços sombrios sem fundo. Já caçámos tornados com frascos de vidro e já cavalgámos em ondas gigantes.
Já visitámos céu e inferno no olhar de quem morreu.
Já fomos tudo, céu, terra e mar.
Já criámos de tudo, sonhos, pesadelos e infinitos.
Já fomos farol em dias de nevoeiro.
Já fomos chuva em desertos habitados.
Já fomos tudo um para o outro e hoje somos apenas dois saltimbancos assassinos que se divertem a imitar diabos e a criar infernos.

Sem comentários:

Enviar um comentário