"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

24/09/2013

2008.

Perdoar uma traição é como viver eternamente com um espinho enterrado na pele. Começa por doer intensamente mas acabamos por nos habituar aquela moínha que, de vez em quando, nos lembra que nos aproximámos demasiado daquilo que parecia uma doce flor.

4 comentários:

  1. perdoamos mas acabamos sempre por não esquecer. e o perdão nem sempre é sincero.

    ResponderEliminar
  2. Perdoar é enterrar algo do passado, mas sabemos sempre que se encontra sempre lá se escavarmos

    ResponderEliminar
  3. nada fã, detesto aquilo.
    grande verdade!

    ResponderEliminar
  4. Entrei nos dois blogs para saber qual comentar e adorei os dois! Principalmente a música do segundo. Perdoar custa sempre muito, mas penso que toda a gente merece segunda oportunidade, se for esse o caso.
    Obrigada pelos parabéns querida. Beijinhos

    ResponderEliminar