"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

13/09/2013

A senhora de Sintra.

Quando a vi, debruçada à janela com o sol a bater-lhe nos caracóis acastanhados, tive a certeza que muitas histórias lhe preenchiam as rugas vincadas. Não me enganei. Bastou olhá-la nos olhos para ver as ruas de Sintra pintadas com cores que só vê quem conhece aquela beleza como a palma da mão. Não lhe ouvi a voz, cansada provavelmente, mas um só sorriso foi o suficiente para me mostrar a essência da vila. A essência de quem ali vive.

1 comentário: