"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

09/10/2013

18:08

O meu nome escreve com N de não chores que não adianta. Sou um caso perdido. Uma má figura para uma primeira boa impressão. Fodo cabeças como espermatozóides que fodem conas lolitas. Tenho uma feia aparência que assustam as monstruosidades que coabitam debaixo da minha cama. Buhhhhh! Ahhhhhh! Me and ma ganza. Se não te tiveres na conta que queres, na boca dos outros tu não vales nada. E, se não fores capaz de te deitar na cama que fazes, repete-se o ciclo vicioso, na boca dos outros tu não vales nada. Não sou uma pessoa bonita. Sou uma roleta russa, perigosa, mafiosa... Cheia de vícios. Aqui não se bebe. Mas, inundam-se as nuvens de fumo e voa-se. As expectativas? A esperança? Mas, a vida foi feita para se viver à deriva e tu estás a pensar em definições... Aprendi a ignorar o suposto correcto... Faz o mesmo. Ignora! Ignora! Ignora! Sonha que existe uma ponte, que tens asas e atira-te de cabeça vazia... O que tu queres, será. 

1 comentário:

  1. começas tão bem e acabas tão bem. És uma mistura explosiva (:

    ResponderEliminar