"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

24/10/2013

23:55

Só escrevemos quando existe muito para dizer. Ou, escrevemos porque o silêncio nos roubou a força da voz e nos deu a divindade da palavra. Até podem chover granadas neste céu que já é cinzento da chuva mas conseguimos fazer um do li ta e desfazer todos os nós do nossos cérebros porque escrevemos para que a compreensão sejam as nossa asas. Porque queremos saber o que é isto de escrever e ter respostas no momento a seguir. Palavras... Nem sempre o vento as leva. Ficam a janela à espreita de um raio de sol para que façam sentido. 

Sem comentários:

Enviar um comentário