"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

07/10/2013

E que nunca nos amemos

E que nos continuemos a matar com o olhar. E que os nossos lábios se encontrem muitas vezes. E que o dia nos junte e a noite nos junte ainda mais. E que sejas eterno, mas efémero. E que nunca nos amemos, porque o amor roubar-nos-ia a felicidade. 

6 comentários:

  1. Há várias formas de amar, nunca te esqueças. Podes não amar de forma tóxica. Podes amar com todos os teus sentidos, sem pensar em mais nada. Sentir o amor.

    ResponderEliminar
  2. ohh Lúcia...é tão bom falar de eternidade.

    ResponderEliminar