"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

29/10/2013

O tempo perdido em cada avanço dos ponteiros.

Por vezes o tempo escapa-nos pelos dedos e nós continuamos a mover-nos tão rapidamente que nem damos pela sua fuga. Até que paramos. Paramos e reparamos que o mundo não parou connosco. O tempo escapou-nos e nós nem demos por isso. Não sabemos em que momento ele se perdeu no caminho. Eu não dei por isso; Não sei quando o perdi. E a verdade é que sinto falta do tempo que me fugiu. Daquilo que não vivi.

Sem comentários:

Enviar um comentário