"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

14/10/2013

Urgência

Ver-te. Tremor pelo corpo todo e aquele frio na barriga. Aproximamos-nos com rapidez, ao ritmo dos nossos corações. Não há tempo para um "olá". As bocas já estão coladas, a saborear o doce gosto uma da outra. Um beijo quase apaixonado, sem haver paixão. Um beijo sôfrego, sedento de desejo. Os teus braços fortes conduzem-nos e encostam-me na parede mais próxima. E é ali que o mundo pára, e com urgência me tomas como tua.

3 comentários:

  1. WOW :o Senti mesmo a urgência dos dois corpos! Muito bom :)

    ResponderEliminar
  2. Gostei muito. Quase que consegui viver essa situação.

    ResponderEliminar
  3. É mesmo muito bom saber isso, meninas. É realmente gratificante quando sentem o que escrevemos :)

    ResponderEliminar