"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

12/11/2013

O que nos faz ser quem somos nem sempre são os momentos felizes nem a depressão profunda. Por vezes são os murros nos estômago e a nossa reacção a eles: o que nos magoa e a forma como o superamos. No momento do revés temos de estar preparados para o facto de nem sempre ser tudo como queremos.

3 comentários: