"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

23/12/2013

Eu penso na mesma coisa. Em como os dias passam sempre com preocupação. Como o cheiro do teu cabedal não me sai da cabeça quando já só vejo a sombra da pulseira sob o meu pulso.
Penso sempre na mesma coisa. No turbilhão febril de ideias que os teus olhos sugerem. No sabor da tua ausente boca, e em como as correntes serenas dos lagos ou as violentas marés influenciadas pelas Luas não se igualam ao pulsar do meu coração.
E continuo a pensar.


4 comentários:

  1. Pensar... Por vezes mata. Por vezes dói. Outras vezes é parte do nosso viver.

    ResponderEliminar
  2. boa natal para ti
    e para os teus...


    Beijinhos Anny

    annydajuba.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. as tuas palavras deliciam-me sempre, Mariana

    ResponderEliminar