"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

04/03/2014

Cansada da vida

Os traços de amargura da vida encontravam-se perfeitamente visíveis naquele rosto para quem apenas quisesse tomar um pouco de atenção. Os anos tinham vindo a tornar isso cada vez mais explícito, e ela, aparentemente, não se esforçava por encobrir o seu desalento face à vida – se o fazia, não estava a surtir efeito algum. Caminhar, tornava-se, a cada passada, uma tarefa cada vez mais penosa. Como se o peso de todo o mundo se tivesse transferido, ainda que momentaneamente, para os seus pés. Cada passada se tornava mais perigosa, para si mesma. Sabia que não podia continuar muito mais tempo sem pedir ajuda. Sem parar algures naquele descampado da vida e socorrer-se de alguém. O problema é que não via ninguém. Não havia vivalma. Nem que gritasse a poderiam salvar. Só lhe restava respirar e esperar. Já que continuar se tornava inútil face ao que sentia. Respirar; cada fôlego que se permitia a dar era menos uma golfada de vida que sabia que teria na batalha final. Já que ninguém a poderia salvar, já que a desilusão e o desespero tinham tomado conta daquele corpo, restava-lhe resignar-se; aceitar que, provavelmente, toda aquela dor era merecida – ainda que lhe custasse crer em tal coisa – e continuar a sua caminhada trôpega, como se lhe restassem horas de vida. Era ainda jovem, mas a vida envelhecera-a irreversivelmente, havia marcas que eram impossíveis de camuflar, muito menos de esquecer. Fez com que todos aqueles que a poderiam ajudar se afastassem; julgou-se dona do mundo, senhora de si mesma e no final do dia fodeu-se. Ela, tal como a maior parte dos seres humanos, não foi concebida para se deixar conformar com a dolorosa solidão, muito menos para a causar propositadamente.

Um texto de Emily e Lúcia 

5 comentários:

  1. Sem dúvida excelente! E demonstra o problema de muitas pessoas na sociedade de hoje em diante...

    ResponderEliminar
  2. O ser humano é, já de si, um ser solitário...

    ResponderEliminar
  3. Triste... mas verdadeiro.
    O peso da solidão é exatamente este, independente da idade.

    Uma boa semana.

    ResponderEliminar