"A vida são dois dias
Um serve para escrever o melhor texto do Mundo.
O outro para morrer a lê-lo."

07/06/2014

Romanceando o amor.

Queria conseguir amar-te como se fôssemos parte daqueles filmes românticos que aquecem os corações. Mas depois lembrei-me que todo o romance, mesmo aquele que não passa de uma ficção cinematográfica, tem o seu drama. Tem aquele impasse onde tudo parece que irá correr mal. Foi aí que percebi que estamos a fazer tudo certo. 

14 comentários:

  1. Lindo seu post!
    Aproveitando que é domingo venho te convidar para participar do Sunday Link e vir divulgar seu blog!
    aparece lá ~
    http://gotasdecaffe.blogspot.com.br/
    https://www.facebook.com/HimitsuBlog?ref=bookmarks

    ResponderEliminar
  2. R: sem dúvida.

    Gostei deste texto. É uma reflexão engraçada. Já tinha pensado nisso...

    Beijinho *

    ResponderEliminar
  3. Exactamente não podia estar mais de acordo. O verdadeiro amor vive em fases dificeis...

    Bjxxx

    ResponderEliminar
  4. Um bom tema de reflexão. Sem dúvida que concordo, o amor passa pelo drama

    ResponderEliminar
  5. R: Talvez no futuro aquilo até dê em alguma coisa :) Vamos lá ver
    Amei este post <3

    ResponderEliminar
  6. Nada como viver o instante.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  7. Nunca nada é como nos filmes. Demasiado difícil na vida realidade, por vezes demasiado duro, mais do que deveria

    ResponderEliminar
  8. Bom dia Cláudia.

    Obrigado por me escreveres, não é todos os dias que alguém o faz sobre aquilo que escrevo. Para te responder bem à pergunta do blog "das crianças" é complicado, o blog surgiu numa altura em que sentia uma necessidade imensa de sentir, de viver e experimentar o que tu lá leste. De vez em quando ainda se soltam alguns pensamentos, já não tanto como antes, mas soltam-se. É tirar de dentro de mim o que sinto, o que quero sentir, o que quero viver, o que faria, ou talvez nem o chegaria a fazer. Mas como te disse, foi numa altura em que tinha necessidade de exteriorizar aquele sentimento delicado.

    Se não entenderes avisa-me. Talvez seja melhor enviares um email. Eu gosto de responder xD

    ResponderEliminar
  9. adorei :)

    r: não gosto mesmo nada :c

    ResponderEliminar
  10. Isto é um paralelismo que me passa muitas vezes pela ideia. Que engraçado foi vê-lo aqui sob a forma de palavras bonitas :)

    ResponderEliminar